| Review | O Abeto de Natal de Hans Christian Andersen


Sinopse: Um bonito abeto sonha ser grande como as árvores à sua volta. Com o passar do tempo, transforma-se numa árvore robusta. Enquanto crescia, observa algumas das outras árvores grandes a serem cortadas. "Para onde as levarão?", interrogava-se ele. Os pardais deram-lhe a resposta: serviam para enfeitar as casa no Natal, com dezenas de luzinhas e presentes. E ele desejou que lhe acontecesse o mesmo...


Opinião: Na sequência da Xmas-A-Thon fui desafiada a ler um conto de Natal. O Abeto de Natal de Hans Christian Andersen pareceu-me - na altura - a melhor opção e, uma vez que não conhecia o livro - ou pelo menos não me recordava da história, - achei que era uma coincidência perfeita. Não é um livro excepcionalmente grande, pelo contrário. É um livro surpreendentemente pequeno. A escrita é simples e própria para crianças. Mas, tal não é o meu espanto, quando me deparo com um conto que não é alegre, não tem uma mensagem feliz e termina de forma abrupta, o que me deixou surpreendida. 
Não gostei. Não achei que possuísse a mesma doçura e subtileza de O Cavaleiro da Dinamarca ou A Menina do Mar e o facto de estar no Plano Nacional de Leitura confundiu-me. Para mim, foi um conto muito rígido e frio e, não querendo parecer hipócrita mas não me pareceu nada apropriado à época em questão. O final, em fogo e chamas, apesar de real, é mórbido e, mais uma vez, não se coaduna com o período natalício. Talvez pós-natalício. O que revela toda a minha hipocrisia. Estava à espera de uma coisa e apareceu-me outra completamente diferente.  

Um comentário

  1. Às vezes ficamos desiludidos com aquilo que lemos mas quem sabe não aprendemos algo novo, na mesma?

    ResponderExcluir

Muito obrigado pelo comentário!
Eu respondo a todas as mensagens deixadas, pelo que se queres ter a certeza de ver a resposta, não te esqueças de deixar colocada a opção de "notificações".
Boas leituras!