| Cinema | O Código Da Vinci (2006)

Um assassinato dentro do Museu do Louvre, em Paris, traz à tona uma sinistra conspiração para revelar um segredo que foi protegido por uma sociedade secreta desde os tempos de Jesus Cristo. [...] Momentos antes de morrer, Saunière deixa uma mensagem cifrada que apenas a criptógrafa  Sophie Neveu e o simbologista Robert Langdon podem desvendar. Eles viram suspeitos e detetives enquanto tentam decifrar um intrincado quebra-cabeças que pode lhes revelar um segredo milenar que envolve a Igreja Católica. 
As lacunas da religião e a incapacidade de provar determinados factos como incontestáveis levaram à existência de uma panóplia de teorias da conspiração e ao desenvolvimento de ideias que foram consumidas pelos mais cépticos e pelos descrentes como certas. Esta dualidade de pontos de vista, nenhum com qualquer tipo de provas, cada um aproveitando-se das lacunas do outro, levou à criação de obras de ficção como O Código Da Vinci, um livro que gerou uma polémica intensa por questionar a divindade de Jesus Cristo e por colocar em causa as verdades por detrás da mulher que foi Maria Madalena. A versão cinematográfica alimentou os desacatos e as trocas de opiniões entre os crentes e os apologistas de teorias secundárias.

Robert Langdon
O filme, no entanto, não teve a mesma coragem do livro. Houve pontos sensíveis que ou não surgiram, ou foram rapidamente ultrapassados não dando ao espectador tempo suficiente para se inteirar daquilo que estava a ver. Não houve seriedade nos momentos críticos e mesmo o centro da controvérsia - Jesus Cristo e Maria Madalena - foi tratado com leveza e, salvo uma ou outra excepção, não houve uma abordagem  de alguns dos temas que envolviam as personagens principais - Sophie Neveu, Robert Langdon ou o monge Silas. 
O conteúdo que Dan Brown proporcionou não foi totalmente aproveitado e, apesar de a temática do livro se centralizar no papel da mulher, na mulher enquanto figura divina, na mulher enquanto criadora de vida, no - citando o autor - sagrado feminino, a versão cinematográfica, mal roça a superfície desse tema, centralizando-se apenas no "choque", na ideia de confronto com os idealismos da Igreja Cristã.
The Holy Grail 'neath ancient Roslin waits / The blade and chalice guarding o'er Her gates / Adorned by masters' loving art, She lies / She rests at last beneath the starry skies.
Por outro lado, as mensagens, os símbolos, os anagramas, ganharam uma nova vida e a investigação e a procura pelas mensagens ocultas nos quadros dos grandes artistas como Leonardo Da Vinci foi um dos grandes pontos positivos do filme. Infelizmente, à medida que o filme se torna mais violento e menos "pensador", o simbolismo perde-se e ficamos com uma história insossa.
Outro dos problemas do filme, algo comum quando se trata de histórias com um "conteúdo complexo" é o aparecimento daquilo que chamo "diálogo para um público de QI zero", quando um dos protagonistas está presente para fazer questões que iluminem a mente dos espectadores mais obtusos e, infelizmente, isso revelou-se na personagem de Sophie Neveu que para uma criptologista e para um filme que devia elevar o papel da mulher, surgiu ignorante, secundária e submissa.
Tal como o seu homónimo, o filme gerou a sua quota de polémica ao desmistificar Jesus Cristo e ao - ainda que muito ao de leve - expôr a demonização de Maria Madalena. A procura pelo Santo Graal é interessante de ver e há momentos em que a fotografia realmente captou a essência da história contada por Dan Brown com sobreposições de imagens passadas e presentes que elevou a cinematografia. A melhor interpretação fica, sem dúvida, ao cargo de Paul Bethany, que com Silas, mostrou as consequências do fanatismo e, no fundo, de tudo o que está errado na religião cega. Infelizmente, não foi um conteúdo aproveitado no seu todo, acabando por ser um filme sem coragem.


OS LIVROS


OS FILMES 


E vocês? Quem é que já viu? O que acharam? Digam nos comentários em baixo!

2 comentários

Muito obrigado pelo comentário!
Eu respondo a todas as mensagens deixadas, pelo que se queres ter a certeza de ver a resposta, não te esqueças de deixar colocada a opção de "notificações".
Boas leituras!