| Review | A Coroa de Kiera Cass


Este é o volume final da saga «A Seleção», que apaixonou milhares de leitores por todo o mundo! Em A Herdeira, o universo de A Seleção entrou numa nova era. Vinte anos se passaram desde que America Singer e o príncipe Maxon se apaixonaram, e a filha do casal é a primeira a passar pela sua própria seleção. Eadlyn não acreditava que encontraria um companheiro entre os trinta e cinco pretendentes do concurso, muito menos o amor verdadeiro. Mas às vezes o coração tem uma maneira estranha de surpreender-nos... E agora Eadlyn precisa fazer uma escolha muito mais difícil - e importante - do que esperava. 

A Coroa continua com Eadlyn Schreave, a primogénita de America Singer e Maxon Schreave e a primeira na linhagem ao trono, a lidar com os acontecimentos finais de A Herdeira e a tomar a decisão de aceitar a sua condição de regente enquanto protectora do povo de Ílea e a tomar consciência do caminho solitário que está prestes a percorrer. Neste último volume, Eadlyn para além de ser obrigada a colocar em uso todas as lições que aprendeu ao longo dos anos em relação ao governo de um país, é igualmente obrigada a encontrar um marido e príncipe consorte por motivos confusos e que não foram bem explorados.
A Coroa é um livro genuinamente mais interessante e mais fácil de percorrer do que A Herdeira, no entanto - e embora ache que me estou a repetir é necessário mencioná-lo - as motivações dos personagens, nomeadamente da protagonista, continua a ser um dos pontos mais fracos da escrita da autora já que no caso de Eadlyn, ao contrário do que aconteceu com America cuja motivação envolvia algum tipo de sentimento amoroso, o seu desejo está intimamente relacionado com o que se passa no mundo exterior - Ílea. E, sendo a construção do mundo extremamente pobre, só podemos concluir que as motivações vão ser em igual medida, deslavadas em conteúdo. E foi o que aconteceu. Por outro lado, foi uma conclusão um pouco amarga porque embora A Coroa possua um conteúdo melhor ou, pelo menos, mais acelerado e interessante do que A Herdeira, a forma como a autora decidiu dar o fim à história de America e de Eadlyn foi decepcionante. Não há um aviso e de um momento para o outro a história termina.
Maybe it's not the first kisses that are supposed to be special. Maybe it's the last ones.
Mais uma vez, o aspecto romântico acaba por de algum modo, salvar o livro mas, não totalmente. O problema com a escrita da autora é que não deu espaço para que o romance se desenvolvesse em A Herdeira e portanto, a escolha de Eadlyn e a compreensão das suas emoções e dos seus desejos acabam por parecer forçados e apressados. A autora não apostou no desenvolvimento da relação amorosa como fez com America e Maxon ao longo de três livros para provocar a surpresa nos leitores e isso teve as suas consequências: provocou uma quebra de ligação no ritmo da leitura. 
A Coroa foi uma conclusão mediana e demasiado reminescente. Houve demasiadas retrospectivas a um passado não tão longínquo como forma de provocar no autor um sentimento de saudade e nostalgia que devia ser formado através de ações e gestos e não de memórias. Mas, um dos maiores pontos positivos é, sem dúvida, o crescimento/desenvolvimento de Eadlyn Schreave enquanto protagonista. A sua personalidade egocêntrica evoluiu e somos apresentados uma personagem com coragem e um sentido de moralidade e de sacrifício enorme. 
Ainda assim, gostei do livro. Apesar de ver com total clareza todos os defeitos não deixou de ser uma leitura que entreteve e da qual gostei. A autora dá-nos um mundo fraco e de motivações pobres onde tudo o que acontece parece forçado ou feito para provocar ou provar algum ponto de vista. Não há a subtilezas. Não há uma crítica/análise política da parte da autora como acontece por exemplo em Os  Jogos da Fome apesar do rótulo comum de distopia. Estes são livros românticos e fáceis de ler, onde o pensamento crítico não é fundamental para aproveitar a leitura.




Ler Mais/Read More

E vocês? Quem é que já leu? Digam nos comentários em baixo!

Nenhum comentário

Muito obrigado pelo comentário!
Eu respondo a todas as mensagens deixadas, pelo que se queres ter a certeza de ver a resposta, não te esqueças de deixar colocada a opção de "notificações".
Boas leituras!