Opinião: Crepúsculo de Stephenie Meyer alcançou um patamar de sucesso que muitos autores apenas podem sonhar e as adaptações cinematográficas consequentes de uma procura massiva pela história de amor entre uma humana e um vampiro no grande ecrã resultou numa histeria massiva que acabou por provocar o afastamento de outros tantos. A verdade é que desde o início, a história de Isabella "Bella" Swan nunca se mostrou complicada, pelo contrário. Com uma premissa simples, a autora explorou a ideia de um amor proibido e usou a imaginação para criar uma nova espécie de vampiros.  
Em Amanhecer - Parte 2, a protagonista deixou a sua vida humana para trás e durante os primeiros minutos do filme assistimos ao desenrolar da vida familiar de Bella e de Edward, assim como ao desenvolvimento dos seus poderes enquanto imortal. A única preocupação é em relação a Reneésme que cresce a um ritmo demasiado acelerado para ser considerado normal. Infelizmente, o uso exagerado dos efeitos especiais, criou uma criança obviamente falsa mas simultaneamente parecida com a actriz Mackenzie Foy, resultando numa mistura nada apelativa. 
Em Amanhecer - Parte 2 há, pela primeira vez, uma atmosfera conspirativa e, quando os Volturi mostram as suas verdadeiras intenções, os actores escolhidos para interpretar cada um dos novos vampiros igualou a minha imaginação. Essa presença fresca levou a momentos mais dinâmicos e com humor mas que prejudicou o estabelecimento de uma relação visível e palpável entre Bella, Edward e Renéesme, pelo menos quando comparada à relação estabelecida pelo livro. 
Melissa Rosenberg, responsável pelo guião, criou um momento de horror e de surpresa entre os apaixonados pela história. O final, recheado de morte e de dor foi uma surpresa ao nível da coreografia das cenas de acção, dos efeitos especiais e da intensidade. Ao contrário do livro e do seu final anti-climático em Amanhecer - Parte 2 podemos ver como as coisas poderiam ter corrido se Stephanie Meyer não quisesse um final feliz. Amanhecer - Parte 2 é o encerrar de um ciclo de uma história de amor que encantou milhares. E fê-lo muitíssimo bem. 


Outros títulos da colecção
*Crepúsculo - adaptação cinematográfica: aqui
*Lua Nova - adaptação cinematográfica: aqui
*Eclipse- adaptação cinematográfica: aqui
*Amanhecer - adaptação cinematográfica: aqui e aqui

*A Breve Segunda Vida de Bree Tanner

*Vida e Morte
*Midnight Sun

Outros títulos da autora

*Nómada
*Danças Malditas
*A Química



Por Raquel Pereira


Deixe um comentário

Tens uma opinião? 3,2,1 GO