Blogs Portugal

Siga por Email

Sinopse: No dia em que Rita fez anos, recebeu das mãos de um estranho homem uma prenda inquietante. A partir desse dia nunca mais foi a mesma adolescente feliz, o seu universo familiar e afectivo sofreu um abalo tão profundo que a terra inteira pareceu voltar-se do avesso, levando nesse movimento os amigos, a escola, as aspirações e os sonhos de uma rapariga a quem nada faltava porque tudo lhe caía do céu protector da infância. 
Muitas vezes é-se subitamente adulto quando uma revelação incendeia a harmonia da juventude e não há lugar para guardar os segredos que vão fazendo nós na garganta. De repente, para Rita, o tempo e os lugares, os pais ou o namorado, a escola ou os centro comerciais onde costumava vaguear, deixaram de existir. Os seus quinze anos dividiram-se entre a verdade e a mentira, entre o sonho e a realidade, entre si e os outros

OpiniãoParabéns, Rita! faz parte da colecção Profissão Adolescente que costumava devorar há uns anos. Não era fã de Os Cinco ou Uma Aventura, pelo que estes eram a minha escolha no que tocava a livros "próprios" para a minha idade, que sempre foram poucos na minha estante, por estranho que pareça. A verdade é que me lembro de adorar o mistério por detrás de Parabéns, Rita! e, quando comecei a sua leitura, foi uma das poucas coisas que recordava: a ideia de ter adorado, o que é estranho porque, não gostei, de todo.
A escrita da autora incomoda-me. Não é simples, é para lá de simples, é minimalista. Os diálogos são maus e irreais porque, no fundo, nenhum adolescente fala assim e, considerando que eu não estava longe da idade da Rita quando o livro foi publicado, sei, pelo menos, isso. Até mesmo as relações entre os personagens, para além de Rita e dos pais, é forçada, é fogo de vista. Estão lá apenas para dar uma sensação de vida. O suposto "romance" é mal contextualizado, é apressado e completamente amador.
Por outro lado, a história ganha contornos interessantes - embora previsíveis - e tem uma temática apelativa: os males da protecção excessiva e os males das mentiras e segredos mas, a meu ver, é muito mal explorado porque nenhum adulto, na posição em que Fernando se encontrava, iria falar com a Rita não só com aquela linguagem mas com aquele à vontade, pelo que aquilo que torna o livro mais apelativo, acaba por perder, aos poucos, a sua atracção.
O ponto forte da autora, mesmo em Um Beijo no Pé, passa, sobretudo, pela descrição das emoções, da frustração, da incompreensão, da raiva e da dor e através destas leituras, começo a ver um padrão nos livros da autora: o início é pobre e apressado mas, com o passar das páginas, condensa ligeiramente, mas não o suficiente para ficarmos com a ideia de que lemos um bom livro.
Outros títulos da Colecção Profissão Adolescente: 
*Dietas & Borbulhas
*O Geniozinho
*Ricardo, o Radical
*A Ana Passou-se!
*Poeta (às vezes)
*A Sara mudou de Visual
*Pedro Olhos de Águia
*O Tiago está a pensar
*A viagem do Bruno
*O álbum de Clara
*Estrela à chuva
*Alguém sabe do João?
*Noites no sótão
*O irmão da Joana
*Inês e o Ministro da Educação
*Tão cedo Marta!
*O Salvador
*O ombro de Cláudia
*Raimundo
*Entre irmãs
*David, um herói entre as chamas
*A família da Nazaré


Deixe um comentário

Tens uma opinião? 3,2,1 GO